quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Saramago:As Intermitências da Morte



Este Saramago "escapou"de mim - durante os anos 90/2000 consegui ler quase todos os livros dele logo após serem publicados,mas só guardei os meus preferidos o Evangelho Segundo Jesus Cristo,A História do Cerco de Lisboa e o Memorial do Convento - quase guardei também o Ensaio sobre a Cegueira,mas é um livro tão "duro" que acho que nunca mais vou querer ler algum dia.Talvez o Todos os Nomes e o Ano da morte de Ricardo Reis ainda "voltem" ao acervo,mas não tão já.

Este As Intermitências da Morte  todo mundo que leu elogia , eu comecei e a história é muito irônica,mostra o que acontece quando de repente ninguém mais morre,as "soluções " encontradas e as diversas facetas da sociedade,das autoridades,os empresários,as famílias,os bandidos,todo mundo "envolvido" .Comecei e li 25% do livro numa sentada,mas estou "economizando" pra não acabar logo e eu aproveitar ao máximo a leitura.Ele tem "o texto do Saramago" - pontuação majoritária com vírgulas,sem travessões para os diálogos e é só pegar o rítmo que a leitura flui bem.Estou gostando bastante,vamos ver como termina.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Um filme que tem a leitura como enredo

Resultado de imagem


Este filme é lento,mas impactante.A história de um encontro/desencontro que tem a leitura como canal de aproximação entre duas pessoas que muito provavelmente não se relacionariam,mas que apesar de tudo mantém uma ligação fortíssima,e os livros são  por onde passa o afeto.A aquisição da capacidade de ler/escrever humaniza uma personagem "dura",seca,improvável de ser sentimental,mas que se transforma quando passa a ser uma leitora.
Eu gostei demais ,além do tema me interessar muito,a Kate Winslet e o Ralph Fiennes estão incríveis.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Leiturinha rápida:Manual prático de bons modos em livrarias

Resultado de imagem para manual prático de bons modos em livrarias


Ri bastante lendo os "causos" acontecidos em livrarias entre leitores e livreiros ,mas ri muito mesmo.Depois(sempre tem um depois) parei pra pensar na falta de educação básica,na falta de conhecimento e cultura,no quão distante de muita gente é entrar em livrarias,consumir livros e até trabalhar com eles para quem não tem o costume de ler,daí a história perdeu bastante a graça.

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

E no espacinho que faltava preencher....




...coloquei as últimas aquisições.Estou me controlando e fugindo das ofertas,tem livro demais me esperando pra ser lido e eu estou num momento "devagar" na leitura,dando um tempo maior entre uma e outra pra não sobrecarregar a cabeça e deixar passar batido - apesar das minhas críticas,li muita coisa legal este ano,saí da minha zona de conforto e num balanço,tive mais leituras aproveitáveis que não.